Páginas

terça-feira, 28 de abril de 2015

Principal obra para resolver a crise hídrica do sudeste atrasa

Apontada como a principal obra para evitar o rodízio de água na Grande São Paulo neste ano, a interligação da Billings (Sistema Rio Grande) com a Represa Taiaçupeba (Alto Tietê) ainda não saiu do papel e já acumula três meses de atraso.Em janeiro,... Notícias ao Minuto - segunda-feira, 27 de abril de 2015 http://a.msn.com/r/2/BBiKOGq?a=1&m=PT-BR

quinta-feira, 23 de abril de 2015

domingo, 19 de abril de 2015

Sonda da Nasa se prepara para mergulho da morte em Mercúrio


Sonda deve atingir o planeta a mais de 234,6 km/h em 30 de abril. Ela orbitou o planeta por quatro anos e fez descobertas importantes.
16/04/2015 19h35 - Atualizado em 16/04/2015 19h35

France Presse
Da France Presse

Concepção artística mostra sonda MESSENGER, da Nasa, orbitando Mercúrio (Foto: Nasa/JHU APL/Carnegie Institution of Washington)
Concepção artística mostra sonda MESSENGER, da Nasa, orbitando Mercúrio (Foto: Nasa/JHU APL/Carnegie Institution of Washington)
Uma sonda da Nasa que circulou Mercúrio durante os últimos quatro anos vai dar um mergulho para a morte na superfície do planeta no final de abril, quando ficará sem combustível.
A sonda MESSENGER (sigla em inglês para Superfície, Espaço, Ambiente, Geoquímica e Alinhamento de Mercúrio) vai terminar sua corrida, como planejado, por volta de 30 de abril, disse a agência espacial norte-americana.
Sua missão foi inicialmente apenas para durar um ano, mas como estava operando bem e retornando dados interessantes e descobertas, os cientistas prolongaram sua vida o máximo que podiam.
A principal descoberta da MESSENGER ocorreu em 2012: uma espessa camada de gelo nas regiões polares de Mercúrio, fornecendo "apoio convincente para a hipótese de que o planeta abriga abundante água congelada e outros materiais voláteis em suas crateras polares permanentemente sombreadas", segundo a Nasa.
"Pela primeira vez os cientistas começaram a ver claramente um capítulo na história de como os planetas internos, incluindo a Terra, adquiriram água e alguns dos blocos químicos de construção da vida", explicou a agência em comunicado.
Os cientistas acreditam que o planeta mais próximo do Sol provavelmente obtiveve sua água quando cometas e asteroides voláteis ricos fizeram impacto, em algum momento da História.
Lançada em 2004
 A MESSENGER foi lançada em 2004 e viajou por mais de seis anos antes de finalmente começar a orbitar Mercúrio em 18 de março de 2011.
Uma vez que a sonda não tripulada é colocada para fora do propulsor, ela não será mais capaz de lutar contra o impulso para baixo da gravidade do Sol e vai cair, atingindo o planeta a mais de 234,6 km/h no lado do planeta que não dá para a Terra.
Não são esperadas imagens do impacto.
"Pela primeira vez na história temos um conhecimento real sobre o planeta Mercúrio, que nos mostra um mundo fascinante como parte de nosso sistema solar diversificado", disse John Grunsfeld, administrador associado da diretoria de Missões Científicas da Nasa.
Os cientistas vão continuar a analisar os dados obtidos a partir da MESSENGER durante os próximos anos, disse ele.

segunda-feira, 13 de abril de 2015

Pesquisadores descobriram um vulcão debaixo do gelo em Marie Byrd, Antártida, após criarem dispositivos para medir a atividade tectônica.

Cientistas descobriram vulcão gigante embaixo do gelo da Antártida podendo afetar todo o planeta se entrar em erupção por PRISCILA NAYADE




 Os cientistas tinham a intenção de usar as máquinas sismográficas para ajudá-los em seus estudos com alguns tremores recentes, e foi quando descobriram que o motivo era um vulcão se formando debaixo do gelo. A atividade vulcânica foi descoberta acerca de 30 km do vulcão mais alto da Antártida, o Monte Sidley, e, apesar de uma erupção, que seria improvável conseguir romper a camada de gelo, o calor que a acompanha poderia ter um efeito sobre a paisagem e afetar o clima mundial. 



 Uma erupção sub-glacial seria capaz de derreter o gelo, criando grandes quantidades de água que poderiam ir em direção ao mar, acelerando o fluxo marinho e aumentar potencialmente a perda dos blocos de icebergs. "Existem numerosos vulcões em Marie Byrd, uma região serrana do oeste da Antártida", disse Amanda Lough, da Universidade de Washington, representante da equipe sobre o assunto. “O fluxo de calor elevado pode influenciar a estabilidade do manto de gelo da Antártida Ocidental”. A camada de gelo da Antártida é uma das duas calotas polares da Terra e ocupa uma área de 5,4 milhões de quilômetros quadrados, cerca de 98 por cento do continente, tornando-se a maior massa de gelo compactada na Terra. A pesquisadora ainda acrescentou: "Erupções neste local não são susceptíveis de penetrar o gelo sobrejacente, com 1,2 a 2 km de espessura, mas geram grandes volumes de água de degelo que poderiam afetar significativamente o fluxo de corrente de gelo". Share on twitter Share on facebook Share on email More Sharing Services 


 Fonte: DailyMail Foto: Reprodução / DailyMail

sexta-feira, 10 de abril de 2015

Uma nova apresentação para conhecida tabela

http://cienciahoje.uol.com.br/revista-ch/2015/323/tabela-periodica

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

segunda-feira, 17 de junho de 2013

Uma bactéria chamada Zé





Em uma lata de lixo da esquina da rua do Afonso, mora uma colonia de bactérias do tipo cocos, da espécie Zogat. Colônia de bactérias é uma grande família de seres unicelulares, onde todos trabalham para o bem comum, ou seja, ajudam – se umas as outra dividindo taresfas. O grupo Zogat se especializou em decompor materia morta e causar infecções em pessoas. Nesta semana como não apareceu ninguém para infectar decidiram devoram um rato.
Na semana passada surgiu na colonia uma bactéria diferente, a quem deram o nome de Zé ( Zogat extra ordinária). Essa nova bacteréria é ótima na decomposição de materia morta, mais não consegue caudar doenças em seres humanos. O s mais antigos bacterias da colônia acreditam que seja um mutante, por isso Zé foi expulso do grupo.
Como zé é ótimo em reprodução, já se formou uma nova colônia: a colônia do Zé, que já ameaça a colônia original. A família do Zé está de olho no esgoto da calçada, pensando em se mudar. A lixeira ficou pequena.


Faça uma criação de história em quadrinhos baseada no texto acima.